O QUE É ESCOLIOSE?
9 de janeiro de 2017

O que é hérnia de disco?

O que é hérnia de disco?
Após a leitura desse breve artigo você saberá um pouco mais sobre esse problema que atinge a tantas pessoas.

DISCO INTERVERTEBRAL

Os discos intervertebrais representam a estrutura de conexão mais robusta entre os corpos vertebrais. Um disco bem hidratado uniformemente é mais sólido que o osso do corpo vertebral.

ANEL FIBROSO

O anel é a parte externa do disco que circunda o núcleo. É composta de 15 a 25 folhas de colágeno que é chamado de lâminas. Estas folhas cercam o disco e juntamente com o núcleo, dão  uma enorme resistência à carga axial.

A maior parte do anel é composto de água (65%).

NÚCLEO PULPOSO

É uma estrutura  gelatinosa  localizado no centro de cada disco com consistência parecida com a de um creme dental.

FISIOLOGIA DEL DISCO

O disco intervertebral normal é a maior estrutura avascular do corpo humano.

Tem três funções principais:

  1. Suportar e transmitir o peso do tronco para baixo (carga axial).
  2. Atuar como o pivô dos movimentos da parte inferior do tronco.
  3. Atuar como ligamento e manter as vértebras alinhadas.

DISK NUTRICIONAL

Os nutrientes vão se difundir através do tecido  discal para alcançar as células que necessitem de nutrição. Este processo vai depender da hidratação do disco que normalmente acontece durante a noite e por isso somos mais altos na parte da manhã que ao final do dia.

A PLACA CARTILAGINOSA VERTEBRAL

A placa cartilaginosa faz parte do disco e está situado entre este e a vértebra suprajacente e subjacente.  É através desta placa que 2/3 do anel fibroso interno e todo o núcleo são nutridos.

Causas da Hérnia de Disco:

hérnia de disco

– Fatores hereditários.

– transtornos posturais.

– Sedentarismo.

– Fatores ocupacionais como:

. Trabalho físico pesado

. Trabalho que requer uma postura estática por muitas horas

. Trabalho repetitivo,

. e outros.

Sintomas da Hérnia de Disco:

Normalmente o paciente sente dor localizada na região da lesão do disco ou associada à dor irradiada (trajeto do nervo acometido). Pode haver formigamento ou dormência e nos casos mais graves perda de força muscular e consequentemente perda de massa muscular.

Diagnóstico e exames:

De acordo com as características dos sintomas e através de testes neurológicos pode ser diagnosticado clinicamente  ou através de exames como RX, Tomografia e Ressonância Magnética que mostrarão a exata região (segmento vertebral) e o tamanho da lesão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *